MATILDE

O bucólico e pacato distrito de Matilde, em Alfredo Chaves, foi fundado por italianos em 1884. Os colonos chamavam o vilarejo de terço, que significava a terceira parada. Plantavam feijão, milho, e café. Transformado em distrito em 1919, está dividido até hoje em três partes – Matilde Velha, Matilde Nova e Matilde. O vilarejo leva este nome porque o engenheiro inglês, Carlos Bloomer Reever, nascido em 1867, responsável pelas obras da Estrada de Ferro Sul do Espírito Santo (Leopoldina), decidiu homenagear sua esposa emprestando seu nome ao povoado.Seguindo a tradição dos colonos italianos, Matilde mantém traços bem comunitários. Até o final da década de 50 foi um povoado com significativo centro comercial, estimulado pela ferrovia e rico em café. Ainda restam casarões que abrigam grandes armazéns. Em 1950 chegou a tentar sua emancipação de Alfredo Chaves. Nos anos 60 começou a decair, com a política nacional de

Hoje vamos falar da nossa prática conhecida no Brasil como rapel, a denominação deste esporte vem do verbo francês rappeler que significa chamar, recuperar, explorar. Entre os praticantes há uma versão popular de nomenclatura: “rapelar”, com o significado de escorregar corda abaixo seguro por um cinto de segurança apropriado e uma peça de freio. Ou seja, o rapel é uma técnica de descida de cachoeiras, cascatas, precipícios, prédios, pontes, morros, penhascos, paredões, viadutos, cavernas e onde tem que usar cordas para chegar no destino.

Para praticar rapel é necessário ser conhecedor de técnicas de montanhismo além de ter experiência com o manuseio de equipamentos básicos de escalada como cadeirinha, mosquetões, freio oito, corda, ancoragens, técnicas de resgates em alturas entre outras técnicas e equipamentos. Há ainda os equipamentos de segurança, como luvas e capacete que também não são de menor importância. Apesar de sua prática

Destino certo para sua próxima aventura!
Alfredo Chaves é destino certo para quem procura belas paisagens, aventura, aconchego e uma excelente gastronomia. Surpreenda-se com esta bela cidade serrana no sul do Espirito Santo, situada entre o mar e as montanhas, que encanta pelas suas peculiaridades.

Opções não faltam para quem procura esportes de aventura, apreciar a natureza, curtir animadas festas, degustar pratos típicos com ingredientes locais e apreciar delicadas peças artesanais produzidas por habilidosas mãos alfredenses. Ainda, Alfredo Chaves é referência para quem quer encantar-se com dezenas de cachoeiras entre verdes e refrescantes montanhas e se hospedar em pousadas aconchegantes.

As festas acontecem de janeiro a dezembro e fomentam o que há de melhor na cultura e na gastronomia, resgatando costumes e traduzindo emoções. São destaques a Festa da Banana e do Leite, Festitália, Natal Som e Luz, Festa da Uva e do Vinho, Encontro de Violeiros, Festa

RAPEL NA CACHOEIRA ALTA

Berço de Roberto Carlos e Rubem Braga, Cachoeiro de Itapemirim recebeu de Vinicius de Moraes o epíteto de “capital secreta do mundo”. Além do (Rei) Roberto Carlos e Rubem Braga o mais importante cronista brasileiro, terra também dos cachoeirenses como o compositor Sergio Sampaio, a atriz naturista Luz Del Fuego, o produtor musical e diretor Carlos Imperial, o ator Jece Valadão (que foi criado lá, apesar de ter nascido no distrito de Muqui), e a atriz Darlene Glória. Também viveram por lá as irmãs Danuza e Nara Leão.

Nesse município de famosos e cercados de belas paisagens que fica a maravilhosa Cachoeira Alta formada pelas águas do Rio Fruteiras, localizada em uma propriedade rural no distrito de São Vicente, zona rural do município, a cachoeira chama a atenção em meio às montanhas. A queda d’água é de aproximadamente 100 metros de altura, na base da