FRADE E A FREIRA


Às margens da BR 101, de Vitória para o sul, uma bela paisagem aparece vez em quando na estrada. Muito antes do município de Itapemirim já conseguimos avistar este monumento natural que é, sem dúvida, um grande símbolo do nosso estado. O Frade e a Freira. Seu ponto mais alto tem 683 metros de altitude. A formação curiosa está inserida no município do Itapemirim, mas está nos limites dos municípios de Cachoeiro de Itapemirim, Rio Novo do Sul e Vargem Alta.

É no km 402 da BR-101 que fica seu acesso. Da BR até o ponto em que conseguimos chegar de carro, a estrada de chão é obrigatória. Este nome Frade e Freira, foi dado à formação por conta de seu formato que lembra a imagem de um frade e uma freira como se estivessem um de frente para o outro. Por conta disso surgiu uma lenda. Ela conta que um frade e uma freira se apaixonaram e como suas vidas deveriam ser dedicadas a servir à Deus não puderam se render a esse amor. Como forma de permanecerem unidos os dois foram transformados em pedra de forma que este amor pudesse ser eternizado.

Faremos um pequeno trecho caminhando até a base do costão e seguiremos em escalada assistida até alcançarmos o topo da Pedra do Frade. O último trecho é feito em degraus de aço para atingir o topo do Frade à 683 metros de altitude, temos um ângulo de visão de 360º, possibilitando avistar diversas cidades e parte do litoral capixaba. Depois faremos um rapel vertical de 20 metros e iniciaremos a descida, fazendo sequência de rapéis pelos 200 metros de costão. O último trecho é feito em degraus de aço para atingir o topo do Frade. À 683 metros de altitude, temos um ângulo de visão de 360º, possibilitando avistar diversas cidades e parte do litoral capixaba. Depois faremos um rapel vertical de 20 metros